EB Ramalho Ortigão

Do alto do seu aroma, as tílias da Ramalho Ortigão abraçam uma grande escola.
A Ramalho tem 64 anos e um desenho típico da época da sua origem: edifício principal amplo, escorreito de formas, com funcionalidade bem definida: átrio de receção/área administrativa, secretaria (agora extinta) e gabinete médico; no 1º e 2º andares, salas de aula. Nas traseiras, um edifício de menores proporções, com o Ginásio/salão de récitas e a cantina; nas traseiras da escola, as ‘oficinas’ e um pavilhão gimnodesportivo.

A primeira vocação da Ramalho foi, com efeito, a de escola industrial. No advento dos anos 70, a Ramalho viu surgir o CPES (ciclo preparatório do ensino secundário, da reforma Veiga Simão) e, pouco depois, o Ensino Unificado, com a Revolução.
Na década de 80, a Ramalho abriu-se à comunidade de todos os cidadãos. E todos foram mesmo todos e não apenas os que não tinham qualquer deficiência. E todos eram (e são) mesmo todos e não apenas os que não dão problemas de comportamento.

Em 64 anos, diversos Ministros da Educação tutelaram a ação da Ramalho. Muitos professores, pessoal administrativo, auxiliares, partiram, chegaram, foram embora e voltaram… e outros não voltam mais. E a Ramalho manteve, ao longo dos anos,  a sua missão: formar “Ramalhos” e “Ramalhas” que possam ser pessoas com vidas estruturadas, dotadas de instrução, educação e formação que os/as torne cidadãos ativos e positivos.

Quando deixam a escola e a vida corre bem, encontramo-los, mais tarde, ao balcão de lojas, na área da alimentação, em serviços de atendimento. Muito raramente algum se torna tradutor da Comissão Europeia (como já aconteceu). Nesse aspeto, o nosso follow-up não ostenta pergaminhos.

A ligação dos nossos alunos à Ramalho é, porém, geralmente forte e a sua marca chega-nos, refrescada e buliçosa nos filhos e filhas dos antigos alunos e alunas que por aqui passaram.
Sem medo das palavras, e parafraseando o poeta, há que dizer que o melhor que temos são os nossos alunos.

Dizemos, com orgulho, que a Ramalho nunca fechou portas a ninguém – a imagem de marca da Ramalho sempre teve como lema receber, incluir, interagir e ajudar a crescer. Nem sempre é fácil o quotidiano desta escola, é certo. Mas a diáspora Ramalho, hoje dispersa por muitas escolas do Agrupamento, prova que os vínculos afetivos e a ajuda solidária não se fazem somente quando o quotidiano é fácil; eventualmente é na adversidade que nos unimos. E, mais uma vez, todos – alunos, professores, assistentes, pais – nos sentimos unidos a este polo aglutinador que é a Ramalho Ortigão.

Nunca tivemos uma sala polivalente, espaço cujo conceito beneficiou as escolas mais novas; o nosso grande espaço polivalente foi sempre o nosso recreio – imenso para jogar a bola, passear, namorar, conviver.
O dossel de tílias abriga-nos das intempéries por que temos e teremos de passar e, se houver bom senso, a Ramalho há- de continuar a ser a grande escola que conhecemos e onde nos podemos identificar com orgulho de ser Ramalhos.

A EB Ramalho Ortigão é constituída por três edifícios: o principal, o ginásio e as oficinas. O edifício principal, com três pisos, dispõe de 18 salas de aula, 5 salas para EV/EVT, um laboratório de Físico-Químicas, duas salas de Ciências Naturais/Natureza, duas salas TIC, um laboratório de Matemática. No rés-do-chão, encontram-se também o Gabinete de Educação Especial, o espaço da antiga secretaria, a sala dos diretores de turma, a reprografia/papelaria, o auditório, o gabinete médico, além do átrio onde se podem fazer exposições. No primeiro e no segundo andares, além das salas de aula tipo e de E.V.T./E.V., situam-se o Gabinete de Coordenação, a sala dos professores, o Gabinete de Intervenção Disciplinar e Pedagógica, o Gabinete de Psicologia, a sala de estudo e um anexo de acesso ao sótão. Num segundo edifício situa-se o ginásio grande, a cozinha, o refeitório, duas salas de música, o balneário feminino e a sala de apoio aos assistentes operacionais do sexo masculino. Em frente a estas instalações há um bloco para os W.C. dos alunos (F. e M.), uma sala de aula para alunos com currículo específico individual (C.E.I.) e a sala de apoio aos assistentes operacionais do sexo feminino. O bloco das antigas oficinas foi alvo de obras de adaptação a salas de aulas e espaços multiusos nomeadamente sala de jogos orientados, salas de educação tecnológica, bar dos alunos e um pequeno ginásio. Há ainda um pavilhão Gimnodesportivo.

Presentemente este estabelecimento comporta os alunos do 5º ao 8º anos, devido à reorganização interna do Agrupamento, motivada pela execução das obras de requalificação da Escola Secundária Alexandre Herculano.
 

Morada

Rua Dr. Sousa Avides, 72
4300-487 Porto

Telefone

(+351) 225 374 679

Email

---

Coordenadora

Cristina Liberal

EB Ramalho Ortigão

Rua Dr. Sousa Avides, 72 4300-487 Porto